Tuesday, November 28, 2006

Homenagem de meu querido amigo Edenilson de Paulo

*Anjo*
Descrente de paraísos
flutuo em nuvens no céu
cético quanto ao futuro
acabo crendo em destino
ajuizado, demasiado arrazoado
num instante perco o tino
o homem cede como que por encanto
lugar ao menino
quando Benvinda sorri
com a inocência dos anjos
seu sorriso divino!
Paulo.

4 comments:

Paulo said...

Obrigado Benvinda pela amizade, pelo sorriso e por publicar meus versos aqui onde você guarda seus lindos poemas! Beijão!
Paulo.

Anonymous said...

Viver sempre com intensidade! Benvinda, você transmite vida, sentimentos, alegrias e tristezas com naturalidade. O poema Anjo, em sua homenagem, reflete isso:

"Benvinda sorri com a inocência dos anjos seu sorriso divino..."

Belo poema Paulo!!!

Beijos, com afeto, sua amiga Márcia.

além mar peixe voador said...

Que bonito !
Afetuoso abraço,
virgínia

MariaAngélica said...

O Paulo definiu muito bem o que mais destaca sua beleza: um sorriso divino de anjos.
Parabéns aos dois; ao Paulo pelo poema e pela sensibilidade e a vc, Benvinda, por inspirá-lo.
bjs