Saturday, December 09, 2006

Primeiro encontro...

Primeiro encontro...

A ansiedade o cegava...
No palco,
performance do
Monstro da poesia,
Mas ele nem percebia.
Seu olhar a buscava
Afoito, aflito, afobado...
Afinal...há tanto tempo
esperara esse momento!
Não podia estar enganado:
Seria ela que,
como uma fada astral
desaparecera na multidão?
Tinha que ser real!
Fita a todos com avidez..
Sonhara encontrá-la,
Ao menos por uma vez!
Um passo para trás...
Um alívio no coração,
Um sorriso largo nos lábios,
Um brilho intenso no olhar...
Um abraço afetuoso,
Outro abraço-- gostoso...
Um momento de paz,
Um momento de perplexidade...
O encontro da felicidade!
Ainda que tão fugaz...

Benvinda Palma

1 comment:

além mar peixe voador said...

bonito poema Benvinda Poeta querida,
um só instante e temos amor bastante como disse Leminski
carinho desta tua sempre grata amiga e leitora,
virgínia...
passe lá no meu bloguinho , se puderes e tiveres vontade...
http://alemmarpeixevoador.blogspot.com/