Sunday, February 25, 2007


Uma rosa

Uma rosa escarlate
Ouro de mil quilates
Exalando amor verdadeiro
E que a minha solidão mate

Uma rosa rubra
Que de loucos beijos
Me cubra
E com enfurecido desejo
Me descubra...

Uma rosa amarela
Que espreite os meus sonhos
Que espante a tristeza
Pelas frestas da janela

Uma rosa sem espinhos
Que me toque com amor
Com a sutileza e o carinho
De um lindo beija-flor

Uma rosa em botão
Que desabroche a cada manhã
O Seu néctar orvalhado doce
E alimente o meu coração!

Uma rosa azul-lilás
Exótica,etérea, eterna...
Que nem o sol, nem a chuva
Nem a fúria do vento,
A destruísse jamais!

Bemtevi

2 comments:

Lillyando said...

Lindo, lindo, lindo o poema da rosa multicor!!! Adotei-o hoje para perfumar e colorir a minha alminha! Beijos e obrigada, Poeta!;)

além mar peixe voador said...

Benvinda Poetamiga
BEM VIDA
acresce lirismo
graça espanto
promovendo domingueiras manhãs
com teus versos

Bem-te-vi encanto
em meu jardim
jovial sorriso
de menina amante ,
faterno abraço
tua agradecida leitora e amiga
virgínia